O Encontro Com o Grande Vazio


                                                                                                                  Joaquim Luiz Nogueira

É algo angustiante, sensação de estar no nada, porém, como o ego ainda não está preparado para este mergulho no grande vazio, logo, este sentimento nos proporciona certo distanciamento entre a maneira como preenchemos nossa mente com as diversas ocupações rotineiras e a percepção de uma existência enquanto ser de um mundo autentico, denominado pelos budistas como, o puro vazio, lugar da “luz clara”.

O Dalai Lama argumenta que os estagiários de ioga tântrico precisam perceber o vazio da existência inerente antes de prosseguir para a "mais alta iniciação do ioga tântrico"; perceber o vazio da existência inerente da mente é a "mente inata fundamental da luz clara, que é o nível mais sutil da mente", onde todos os "processos energéticos e mentais são retirados ou dissolvidos", de modo que tudo o que aparece à mente é "puro vazio". Da mesma forma, o vazio está "ligado ao vazio criativo, o que significa que é um estado de completa receptividade e iluminação perfeita", a fusão do "ego com sua própria essência", que os budistas chamam de "luz clara". https://pt.wikipedia.org/wiki/Vazio_(sentimento)  

A rotina dos seres humanos são responsáveis desde a sua infância pelo preenchimento do tempo, desta maneira, a mente é ocupada por tarefas que envolvem o movimento do corpo. Tais ocupações são criadas ou inventadas para nutrição do corpo, enquanto a mente, com base nesta demanda material, arquiva na memória uma gama de elementos prazerosos e traumáticos, cujo encontro com o vazio autentico, provoca uma sensação angustiante de perda ou de sofrimento.

Na entrevista de Thubten Chodron em 2005 com Lama Zopa Rinpoche, o Lama observou que "...seres comuns que não perceberam o vazio não veem as coisas como semelhantes às ilusões" e não "percebemos que as coisas são meramente rotuladas pela mente e existem por mero nome".[19] Ele argumenta que "quando meditamos no vazio, lançamos uma bomba atômica sobre esse [senso de] eu verdadeiramente existente" e percebemos que "o que parece verdadeiro... não é verdadeiro". Com isso, o lama está reivindicando que o que pensamos ser real - nossos pensamentos e sentimentos sobre pessoas e coisas - "existe sendo meramente rotulado". Ele argumenta que os meditadores que atingem o conhecimento de um estado de vazio são capazes de perceber que seus pensamentos são meramente ilusões a serem rotuladas pela mente. https://pt.wikipedia.org/wiki/Vazio_(sentimento)  

 

Vivenciar o Grande Vazio sem os sentimentos angustiantes, significa um grande avanço mental em direção de uma realidade na qual podemos nos sentirmos como parte de um universo livre de qualquer ilusão, sem a noção de tempo e de espaço. Para o Taoismo, é a sensação denominada como “espelho do universo”

 

No taoismo, atingir um estado de vazio é visto como um estado de quietude e placidez, que é o "espelho do universo" e da "mente pura".[24] O Tao Te Ching afirma que o vazio está relacionado ao "Tao, o Grande Princípio, o Criador e Sustentador de tudo no universo". Argumenta-se que é o "estado de espírito do discípulo taoísta que segue o Tao", que esvaziou com sucesso a mente "de todos os desejos e ideias não condizentes com o movimento Tao". Para uma pessoa que atinge um estado de vazio, a "mente imóvel do sábio é o espelho do céu e da terra, o vidro de todas as coisas", um estado de "vaga, quietude, placidez, falta de gosto, quietude, silêncio e não-ação", que é a" perfeição do Tao e suas características, o "espelho do universo" e a "mente pura" https://pt.wikipedia.org/wiki/Vazio_(sentimento)   

 

No entanto, para a grande maioria das pessoas, a convivência com o Grande Vazio, mesmo que seja somente por alguns instantes, provoca angustias e sofrimentos capazes de movimentar o corpo, numa busca desesperada para preencher este oco, que parece lhe puxar para o abismo de um lugar sem sentido, sensação de dor e perda, devido a experiencia rotineira e apegos materiais, que fixam o individuo no mundo das ilusões.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Encontro Com o Grande Vazio

                                                                                                                  Joaquim Luiz Nogueira É al...