Dificuldades dos empreendedores de negócios pela internet no Brasil



Joaquim Luiz Nogueira[1]

Algumas palavras que surgiram como inovação a partir da segunda metade do século XX no mundo, entre tantas, podemos citar a Internet e o mercado global, que teve como centro orientador o capital financeiro concentrado em certos países da Europa e da América do Norte.
Estes pólos passaram à olhar o restante do mundo como potenciais  possíveis de suas expansões de negócios e produtos, abrindo escritórios e financiando treinamento de pessoas e empresas parceiras no sentido de ampliação de suas fronteiras.
Aqui começa as dificuldades ou oportunidades como chama os mais otimistas, pois se o candidato à empreendedor não estiver “antenado” “orientado” “franqueado” “treinado” por uma mega empresa ou investidora do mundo global, as chances de sucesso são raras.
No gráfico abaixo temos um levantamento dos ramos de Internet que mais receberam investimentos no Brasil, com destaque para o aumento de negócios ligados ao acesso do mundo  on line:



O primeiro passo destes investidores foi e continua sendo, apresentar e despertar as pessoas para as novidades inventadas e produzidas nos grandes centros de tecnologias e investimentos mundiais. A ideia de levar a civilização tecnológica a todos os povos da terra tem o nome de progresso, informação, controle, consumo, arrecadação de impostos entre outros.  
O gráfico abaixo mostra que os  empreendimentos de internet que mais crescem no Brasil estão ligados a plataformas que fazem a mediação entre pessoas que tomam conhecimento do mundo virtual e o atendimento de seus desejos pessoais. Neste sentido podemos ver que a conquista deste mercado potencial implica em oferecer facilidades, isto é, empreendedores infiltradores que possam economizar tempo e dinheiro para realizar às vontades dos consumidores.
Talvez, uma maneira de compreendermos como funciona a apresentação de um novo empreendimento a povos com diferentes culturas, usando o nome do progresso, seria esse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=U6VNKvL1cMQ. De outro lado, uma possível resistência, desconfiança e suas dificuldades para se beneficiarem das inovações e facilidades prometidas pelo mundo desconhecido, também estaria neste outro Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=ZmOozYXozb8
Tudo indica que vencer no mercado empreendedor de Internet pode ser a partir de diversos caminhos, mas parece que as maiores possibilidades estão numa possível  parceria com os grandes investidores mundiais ou como diz o grande pensador e polêmico de nosso tempo Slavoj Žižek em um de seus livros “uma das formas de chegar ao sucesso de forma rápida, é pelo caminho do esgoto ou da merda”.
Concluindo, se você não é a favor de parcerias com grandes empresas do mundo da internet, não tem capital suficiente para investir no mercado e se recusa chegar à grande mídia pelo caminho do esgoto, então, o título deste artigo terá sentido para você.     

[1] É mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e especialista em Gestão Educacional pela Unicamp e em historiografia do final do século XIX e início do século XX pela Universidade Bandeirante. É graduado em História e Pedagogia, trabalha atualmente em administração escolar e é professor de História na rede pública estadual paulista. É autor dos livros Saiba como obter sucesso em contextos sociais diferentes e Saiba como as experiências favorecem o sucesso profissional, ambos publicados pela Editora Baraúna, em 2009 e 2011. E os títulos Algumas reflexões antes de uma escolha pessoal e Saiba como as motivações propiciam o sucesso pessoal, ambos como edição do autor com venda pela internet no www.autores.free.com.br e pela Amazon Brasil em 2013.  

Pensadores do Fórum do Amanhã

Como pensam alguns dos participantes deste fórum do amanhã? Joaquim Luiz Nogueira  Entre os pensadores deste fórum do ama...