Porque escrever um livro?


Joaquim Luiz Nogueira

Se essa pergunta já esteve em sua mente em algum momento, com certeza, você logo imaginou as possibilidades de ver suas ideias escritas em diversas folhas, emolduradas por uma capa. No entanto, escrever é o primeiro passo e também, o mais importante, porém, só você parece saber disso.
O passo seguinte, se você não é especialista em normas da Língua Portuguesa e não está atualizado com a ABNT, recomendo procurar um amigo especialista ou pagar o trabalho de um revisor de texto. Eles cobram por lauda e o preço varia entre 6,00 até 20,00 reais por lauda.
Uma vez que seu projeto de livro esteja revisado, você pode encaminhar para análise das editoras, sabendo que, as grandes editoras não terão interesse em investir em autores desconhecidos da grande mídia. Pois segundo o pensador e psicanalista esloveno, Slavoj Žižek, a maneira mais fácil de chegar a grande mídia é pelo caminho do esgoto, significa aparecer na TV pelo noticiário do crime ou de uma tragédia.
Pensando que essa ideia de ficar famoso por este caminho não lhe interesse, vamos para outra opção, enviar seu projeto de livro para as editoras conhecidas como arapuca, a internet está cheia delas, Lá você será tratado como um verdadeiro autor, desde que assine um contrato concordando em pagar a edição de suas obras, que depois de impressa e transformada em livro, será encaminhado todos os volumes para seu endereço.
Outro tipo de editora, também muito divulgada na internet, você paga a edição, fica com uma pequena quantidade para oferecer aos amigos e o restante, ela distribui em livrarias e transforma em  ebook, oferecendo sua obra por valores que variam entre 5,00 e 10,00 reais. Mesmo que te prometam repassar percentuais de 35% do valor de cada exemplar vendido, sua planilha de vendas, enviada a cada semestre será de zero vendas ou centavos.
Mas se ainda, depois de ler tudo isso, você contínua decidido a publicar seu livro, mesmo que seja de maneira independente, então, recomendo que assim que terminar a revisão, crie uma capa, a contra capa e se preferir as orelhas do livro, logo em seguida vem a diagramação, pois terá que escolher o tamanho, por exemplo (14 x 21). Caso não domine esta técnica no computador, é melhor pagar para um profissional.
E, assim que a diagramação vai ganhando forma, imprima a capa do livro e preencha os formulários no site http://www.isbn.bn.br/website/informacoes-cadastro-pf para fazer o   Cadastramento de Editor Pessoa Física.  Desse modo, você será autor e editor, em seguida, no mesmo site, preencha o formulário  pedindo o número de ISBN para seu livro, encaminhe tudo pelo correio para a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, juntamente com o pagamento de algumas taxas e aguarde o número de registro de autor editor seu para as próximas publicações e o ISBN de seu primeiro livro.
Com o número de ISBN na contra capa de seu livro, você entrará em contato com algumas gráficas de sua região para fazer orçamento da quantia desejada de livros impressos. Quanto mais exemplares, menor o preço de custo de sua obra, pense no preço de venda após calcular:
Valor da revisão;
Valor da diagramação;
Taxas paga para ISBN;
Custo do livro na gráfica;
Pronto, você tem seu livro, talvez 200 ou até mil exemplares, de acordo com sua escolha, agora, o que vai fazer? As opções de venda no grande mercado via distribuidores é uma opção, mais cuidado, poderá ver seu livro em muitos espaços e sua planilha de venda ficará apenas com centavos novamente.
 Espero que a razão de escrever um livro, talvez não seja vinculada ao lucro, mas a intenção de deixar em alguma biblioteca, as razões e as marcas de sua existência nesta civilização, enquanto forma de registro humano.


Pensadores do Fórum do Amanhã

Como pensam alguns dos participantes deste fórum do amanhã? Joaquim Luiz Nogueira  Entre os pensadores deste fórum do ama...